Shows atraem 50 mil pessoas em prol do meio ambiente

A segunda edição do Green Move Festival, evento gratuito, no Eixo Monumental, reuniu 50 mil pessoas ontem.

Quem garantiu o sucesso do evento foram os músicos Zeca Baleiro, Paralamas do Sucesso e Nando Reis, que começaram a tocar às 17h. Mas no decorrer do dia, desde as 10h, havia entretenimento e atividades educativas sobre responsabilidade sociambiental em 26 tendas, ao longo do gramado.

 

O evento foi um verdadeiro movimento verde e democrático. Quem quisesse ficar mais perto do palco para assistir  ao seu show favorito, na Área Consciente, só precisava fazer a sua parte para o bem-estar do planeta. 

 

As ações para a entrada nesta área exclusiva iniciaram um mês antes do evento. Qualquer um poderia plantar uma árvore e enviar uma foto para a produção, elaborar um texto falando sobre suas atitudes que colaboram para um planeta mais sustentável ou organizar um mutirão de limpeza, registrar em um vídeo e mandar para o site. 

 

Quem deixou para ajudar em cima da hora também teve a sua chance de chegar pertinho dos músicos. Próximo ao palco havia três pontos  onde as pessoas trocaram lixo reciclável e eletrônico por uma entrada para o show.

 

Esse foi o caso do técnico eletrônico João Ricardo e a esposa Rubia Felizarda. “A iniciativa é excelente, cria um pouco de conscientização e ainda deixa a gente empolgado para ver os shows. Eu já tinha um pouco de costume de me preocupar mais em reciclar, principalmente por influência da minha mulher, que é bióloga”, explica João, que levou óleo de cozinha usado, galões de água e cabo USB.

 

O público era de todas as idades e de várias partes diferentes do DF. O casal Gisele Martins e Willian José saiu cedo do Guará para não perder nenhuma atração: “Esta tudo muito bom, super bem organizado e os shows estão ótimos”. 

 

Quatro escolas públicas do DF foram premiadas durante o show por projetos efetivos de educação e práticas ambientais.

 

No dia 5 de Outubro foi realizado em nome do evento um plantio para neutralização das emissões de carbono que foram liberadas no Festival.

Fonte:Clica Brasília

Sabe Tudo de Brasília 2014